Conteúdo VIP
Coloque seu e-mail aqui para receber antes de todo mundo e gratuitamente as atualizações do blog!
Inbound Marketing

O que é Inbound Marketing e como você pode utilizá-lo para Alavancar as suas Vendas: O Guia Completo

O inbound marketing, conhecido também como novo marketing, é uma maneira diferente de fazer marketing . Esse formato visa não apenas a venda direta de um passo, mas relacionar-se com o cliente, mantendo-o interessado na sua marca e produto para então, eventualmente, ofertar produtos e serviços. 

Diferente do outbund marketing (velho marketing) que é chato, invasivo, e empurra produtos pra cima do cliente, o inbound marketing é bem visto pois baseia-se em ganhar o interesse das pessoas compartilhando conteúdos de qualidade e que possuem valor real para manter esse público engajado com a marca.

O Inbound Marketing normalmente é aplicado por meio de técnicas e ferramentas oriundas do Marketing Digital, visto que, ele possui os melhores recursos para distribuir esse tipo de conteúdo altamente segmentado.
 

Porque o Inbound Marketing é eficiente?
 

Essas técnicas são efetivas pois ativam um gatilho mental comum em todos os seres humanos, a reciprocidade.  Quando alguém nos faz um favor ou nos entrega algo de valor sem pedir nada em troca, nos sentimos naturalmente gratos e em débito por quem fez isso por nós.

No inbound marketing acontece a mesma coisa. Quando oferecemos conteúdo de qualidade para possíveis clientes, eles nutrem bons sentimentos pela marca e isso aumenta consideravelmente as chances de compra de um produto ou contratação de um serviço.
 

Quem pode utilizar o Inbound marketing?
 

Todos aqueles que tiverem algum tipo de conteúdo que seja do interesse do seu público alvo para compartilhar, podem trabalhar com Inbound Marketing, ou seja, praticamente qualquer negócio.

Há cases de sucesso de Inbound marketing para B2B (empresas que vendem para empresas), B2C (empresas que vendem para o consumidor final), para consultoria, mercado educacional, mercado ambiental, mercado imobiliário, serviços de eventos, serviços financeiros, serviços jurídicos, para fábricas e industrias, mídia, shoppings, empresas de recrutamento, softwares, tecnologia, viagens e turismo, agencias de marketing e muitos outros.


Consumidor interessado no inbound marketing

Manter o consumidor interessado é um caminho sem volta
 

Atualmente, as pessoas têm diversas maneiras de desviar anúncios indesejáveis (como softwares para controlar spam, por exemplo), além disso, as mídias de massa, como a televisão, perdem força a cada dia por não conseguirem mais manter o público atento aos seus comerciais.

Quantas vezes você (ou alguém que você conhece) ficou lendo informações que interessavam, no smathphone, enquanto esperava passar os comerciais da televisão? Esse comportamento vem se tornando cada vez mais comum, até mesmo durante a programação principal.

Não faz mais sentido tentar “obrigar” o seu público a ter um contato de qualquer maneira com o que você oferece. No inbound marketing, isso ocorre de forma mais amigável pois não interrompe nada do que o leitor estiver fazendo, afinal, ele age para disponibilizar conteúdo e informar aos verdadeiros interessados de uma forma bem direcionada.

Outra diferença é que no Inbound marketing, não aplicamos uma publicidade sobre a empresa ou produto. Ou seja, não falamos sobre a empresa, e sim conteúdos nos quais sua marca entende como ninguém. Investir nisso fará com que você seja considerado autoridade no mercado, e dará mais confiança para o consumidor acreditar no que você e seu produto ou serviço tem a oferecer.

Há duas premissas:

  1. Comunicar-se por meios onde o público concedeu permissão;
  2. Responder as perguntas que as pessoas estão fazendo e proliferar essas respostas, antecipadamente, por vários meios da web.
     

Mais vantagens do Inbound Marketing
 

Entre outras vantagens, vale lembrar que o custo para se investir no inbound é mais baixo que nas mídias tradicionais, além dos resultados serem muito mais mensuráveis, uma vez que é possível acompanhar as métricas em tempo real e alterar a estratégia, se houver necessidade.  Exige criatividade e pesquisa, além de uma interação mais direta com o seu público que possivelmente vai receber bem seu conteúdo, pois não provém de uma oferta invasiva.

É interessante sempre alinhar os dois tipos de marketing, sabendo tirar melhor proveito de cada ferramenta, tentando utilizar meios de levar o público dos outros canais de comunicação também para a internet e vice-versa.

Veja esse incrível infográfico, criado pelo Viver de Blog, para entender melhor a diferença entre o Inbound e Outbound marketing:

Infográfico que compara Inbound Marketing e Outbound Marketing


Quais são as ferramentas utilizadas para fazer Inbound Marketing?
 

O Marketing Digital e suas ferramentas são a base principal das campanhas mais eficientes de Inbound marketing. Sendo assim, é comum que usem-se ferramentas como:

  • Notícias/ mídia/ relações públicas
  • Ebooks/ White papers
  • Infográficos
  • Links diretos ou referenciados
  • Fóruns
  • Vídeos online
  • E-mail
  • SEO
  • Mídias sociais
  • Blog
  • Links diretos e referenciados
  • Podcast

Dentro dessas opções, destacamos os 4 principais elementos:

  1. E-mail: O e-mail é a base para um bom negócio, pois geralmente os negócios são fechados através dele. Um e-mail marketing bem feito é uma boa maneira de manter o contato com cliente, aumentando assim as possibilidades de novas compras.
  2. SEO: Geralmente, o cliente inicia seu processo de compra através dos sites de pesquisa (google, yahoo etc) para encontrar o que necessitam. Por isso, saber usar as técnicas de SEO e utilizar as palavras-chaves certas, além de manter a página atualizada com bom conteúdo, é importante para a empresa estar bem posicionada nas buscas. 75% dos usuários nunca passam da primeira página de pesquisa, por isso, vamos caprichar!
  3. Mídias sociais: As mídias sociais são uma ótima maneira de expandir o seu conteúdo, através dos compartilhamentos na rede, atraindo assim cada vez mais fãs para a marca. Além disso, é uma ótima maneira de manter contato e interagir com o seu público de um jeito mais informal.
  4. Blog: Essa plataforma é a melhor maneira de atrair novos visitantes para o seu site principal. Então, para ser encontrado por seus possíveis clientes e ganha-los, você deve criar um conteúdo educativo que consiga informar o que eles necessitam e que prenda a sua atenção.

Dentro dessa lista super abrangente, destaco essas 4 ferramentas pois considero as plataformas onde há mais interesse e acesso no mercado. Mas, nada te impede de aplicar as outras alternativas, lembre-se que quanto mais conteúdo oferecido, maiores são as chances do futuro cliente encontrar o seu negócio. O conteúdo não deverá ser sobre a sua empresa, falando sobre ela e sim artigos, textos, vídeos e infográficos de assuntos que poderão, de alguma forma, ajudar o seu público-alvo.

Convenhamos, as pessoas estão muito mais interessadas nelas mesmas do que na sua empresa, escreva conteúdo que seja útil pra elas de alguma forma e elas retribuirão sendo fiéis a sua marca.


Estratégias do Inbound Marketing

Criando uma boa estratégia de Inbound Marketing
 

Uma boa maneira de aumentar seus seguidores é oferecer incentivos, como e-books grátis e descontos nos seus produtos/serviços em troca do seu acompanhamento nas redes sociais. Uma estratégia ainda mais acertiva é criar uma página de destino (landing page) para você conectar as suas páginas de redes sociais. Nesta página de destino , você pode oferecer aos consumidores produtos gratuitos ou conteúdos em troca da inscrição na sua newsletter. A partir do momento que você captou o e-mail do interessado, já pode considerá-lo um lead (cliente em potencial).

Há diversas maneiras de criar conteúdo para atrair a atenção do seu público, o limite está apenas na sua criatividade. Mas, para melhor aplica-lo, é importante compreender alguns princípios:

  • Marketing de conteúdo: Antes de tudo, você precisa produzir conteúdo direcionada para quem quer consumi-los. Para isso, é ideal realizar uma personificação do seu público alvo, ou seja, entender perfeitamente quem pode vir a se tornar um cliente ou um grande interessado na sua marca. Para entender um pouco mais sobre a persona do seu público, indicamos utilizar o site geradordepersonas.com.br
  • Ciclo de compra: Após alinhar quem são as personas do seu público alvo, será importante entender como o ciclo de compra ocorre. Para fazer com que estranhos se tornem clientes é fundamental compreender que cada um deles passa por um processo até concluir a compra. Entender esse ciclo e interagir com ele no status que ele se encontra é essencial para que ele avance na sua decisão.
  • Personalização: Insistimos nesse ponto pois quanto mais se conhece e se trata de uma maneira individual seu público, maiores são as chances de fidelizar o seu lead, pois assim conseguirá interagir com eles na maneira e no momento certo, conseguindo passar realmente o conteúdo que eles desejam e procuram.
  • Multicanais: Ao entender seu público, você também entenderá onde eles se encontram. O usuário da internet hoje passa bastante tempo em variadas plataformas, então é necessário saber criar o conteúdo ideal para cada uma delas e também saber a linguagem correta para interagir com seus leads em cada canal.
  • Interação: Para fechar o clico, a interação deve ser exata. Todo conteúdo lançado deve ser medido e mensurado para que a estratégia ocorra com precisão.
     

Metodologia do Inbound Marketing (o famoso funil de vendas inbound)
 

O princípio básico do Inbound Marketing é: atrair leads pelo conteúdo oferecido. Dificilmente você conseguirá criar um excelente conteúdo sem planejar e sem identificar as necessidades do seu público, portanto, independente do planejamento não aparecer na maioria das referências de funil de inbound, considere como uma preparação importante para iniciar os trabalhos. As etapas do Inbound Marketing são:
 

  • Alcance: Utilize as plataformas de acordo com as personas interessadas em seu negócio. Use blogs, mídias sociais e contrua uma boa lista de e-mail. Pesquise e explore o melhor meio para disponibilizar seu conteúdo e alcançar leitores fiéis ao longo prazo.
  • Ação: Agregue valor à experiência do usuário, dando todo o suporte necessário respondendo dúvidas e mandando materiais adicionais, caso necessário. Isso criará um vínculo com o usuário e o tornará um possível futuro cliente.
  • Conversão: Após a execução dos outros passos, transforme os leitores em clientes. Ao criar vínculos com os leitores, mostre que seu serviço ou produto é ideal para solucionar algum problema ou falta. Não esqueça de realizar um ótimo pós-venda, para facilitar o próximo passo (engajamento) e aumentar as chances de ter uma próxima compra.
  • Engajamento: Transforme seus leitores em fãs. Assim ganhará muita mídia espontânea e os fará promotores da sua marca.
     

Resumindo esse conteúdo em uma imagem:
Funil do Inbound Marketing


Mais motivos para aplicar o Inbound marketing no seu negócio:
 

  • Cerca de 80% das pessoas realizam buscas online, tanto para compras de produtos quanto para contratação de serviços. Quanto mais relevante for seu conteúdo, mais chances de ter mais acessos sua marca terá.
  • É mais barato. O Inbound marketing custa cerca de 62% a menos que o marketing tradicional.
  • Investir no marketing digital pode economizar seu tempo, já que existem inúmeras técnicas para automatizar tarefas.
  • É uma boa maneira de conquistar admiradores para a sua marca, os tornando promotores através do bom relacionamento e, sendo assim, adquirindo mais mídia espontânea para o seu negócio. Diferente da mídia tradicional, o Inbound é um marketing de duas vias, chega apenas com permissão e permite um contato direto com o público.
  • Empresas que utilizam blog com conteúdo relevante tem 55% mais procura nas redes, fazendo assim com que aumente significativamente o contato e relacionamento do cliente com a marca.
  • ROI (retorno sobre investimento) produzido pelo Inbound marketing é em média 275%.
  • Não importa o tipo da sua empresa, o Inbound Marketing ajudará a construir e consolidar sua marca no mercado. 62% de companhias B2C e 41% das companhias B2B conseguiram um cliente por meio do facebook.
  • Investir na produção de conteúdo faz com que você se torne mestre no assunto de seu negócio no mercado. Gera credibilidade e influencia perante seu consumidor, na decisão de compra.
  • Por não atingir massas, o Inbound se destaca pela precisão. Quem procurar pelo seu negócio por vontade própria, tem grandes chances de vir a se tornar um cliente, tendo em vista que, o acesso vem de forma espontânea.
  • Cerca de 86% das pessoas pulam os comerciais de televisão e 84% dos usuários entre 25 e 34 anos já saíram de um site por considerar as propagandas nele invasivas. Com o Inbound, não temos esse problema.
  • 72% dos executivos alegam que as mídias sociais são grandes aliados para o fechamento de negócios.
     

Conclusão
 

Em suma, espero que tenha aproveitado e tenha entendido como aplicar o Inbound Marketing no seu negócio, seja ele qual for. Quanto mais agregarmos conteúdo para as pessoas, mais elas encontrarão motivos para escolher a sua marca na hora da decisão de compra.

Cada vez mais o Inbound Marketing fará parte do planejamento das empresas, pois o consumidor vem mostrando que quer ser tratado com individualidade, sendo atraído por aquelas marcas que oferecem, além da atenção ao que o público tem a dizer, o conteúdo certo e na hora certa.

Inbound Marketing não é moda, não é tendência, é uma forma de não fazer marketing chato e se aproximar verdadeiramente das pessoas.

Se você gostou desse artigo, posso pedir um favor? Compartilhe ele clicando nos links das redes sociais que estão um pouco abaixo ou no início do artigo! Assim você ajuda outras pessoas disseminando esse conhecimento e também estimula eu a continuar produzindo esse tipo de conteúdo. 

Assine também nossa lista de e-mails na caixinha mais abaixo e seja um dos primeiros a receber novos conteúdos no seu e-mail!

Até a próxima!


Igor Barazzetti
Sobre o Autor
Igor Barazzetti é Diretor da Hit Marketing Digital e Publicitário, concluindo pós-graduação em Comunicação Digital. Eterno estudante de marketing, acredita no empreendedorismo como forma de transformação pessoal e profissional.